MADEIRAS

Os objetivos específicos preveem analisar, melhorar e integrar a gestão de resíduos de madeira existente, projetar e testar novos fluxos de resíduos de madeira sustentáveis para aumentar sua eficiência e valorizar a matéria de madeira durante as fases do processo.

Outro objetivo é testar os aspectos técnicos, operacionais e económicos do sistema integrado de gestão de madeira num laboratório urbano para verificar a sua escalabilidade a nível de cidades e a sua replicabilidade a nível europeu. Génova também quer analisar e testar pelo menos três das aplicações mais promissoras do mercado.

Ambições FORCE

Génova implementará um Laboratório Urbano integrado de gestão de madeira, incluindo novos esquemas de recolha e reprocessamento de resíduos de madeira (madeira pós-consumo, parques e jardins públicos, florestas privadas, troncos). Génova também determinará o próximo ciclo de vida apropriado do seu uso (por exemplo, reutilização, peças de reposição, lascas de madeira, etc.) e criará aplicações inovadoras de mercado para madeira pós-consumo, parques e jardins públicos, florestas privadas e troncos e teste de novas aplicações tecnológicas.

Copenhaga tem como objetivo impedir a geração de resíduos de madeira em 200 kg, redirecionando móveis usados e outros resíduos de madeira volumosos para oficinas de reparação ou reutilização de empresas, por exemplo em construção.

Hamburgo tem como objetivo estender o registo de biomassa lenhosa de áreas locais e privadas pela administração municipal de resíduos, com o fim de produzir energia neutra em carbono.

O objetivo de Lisboa irá melhorar a separação do material de madeira em alguns centros de receção e aumentar a reutilização e reciclagem. Estabelecerá acordos com ateliers locais de carpintaria e criará condições de armazenamento para móveis de madeira com potencial de transformação artística.

Parceiros na parceria líder em resíduos de madeira:

A cidade de Génova

Amiu Genova SPA

Ecolegno Genova SRL

T.I.C.A.S.S.

Active Cells SRL